solução-problemas.png

Saber resolver problemas ou evitá-los? Eis a questão!

A capacidade de solucionar e resolver os problemas complicados é uma habilidade altamente apreciada no mundo corporativo e de alto destaque no ambiente profissional.

Pessoas devem ser resolvedoras de problemas, porém devemos enfatizar algo mais importante: evitar que os problemas aconteçam!

problemas, corporativo, gestão, solução

Em alguns casos a tarefa de evitar problemas é vista como invisível, enquanto que solucioná-los te dará maior visibilidade.

Para algumas organizações, encontrar um problema é sinal de algo ruim. O que não é verdade!

Podemos ter um problema ruim e um bom. O problema ruim é aquele que surge do desvio das operações de rotina e que cai em seu colo sem você esperar: uma matéria-prima ou processo fora de especificação, o defeito ou queima de um equipamento ou um acidente com colaboradores, dentre outros. Esses sim devem ser evitados!Problemas que sempre existirão, mas podemos minimizá-lo por meio de um bom gerenciamento de rotina com base em padronização e um intenso processo de treinamento.

Já um problema bom é aquele que você criou. Aquele que quando está insatisfeito com os atuais resultados tende a melhorá-los: os indicadores de qualidade, a % conformidade, redução de custos, produtividade, dentre outros existentes nas diversas áreas da organização.

Se a conformidade do teu processo atual atinge 85% de RFT (Right First Time – Certo na Primeira Vez) e quer aumentar para 90% de RFT, você acaba de criar um problema bom e este deverá ser resolvido utilizando-se de um excelente método gerencial.

Segundo Vicente Falconi:

“todos nós deveríamos ser exímios resolvedores de problemas. Quanto mais competente formos no gerenciamento do método, mais importante você será para sua organização.”

Tem-se problema como um resultado indesejável e todos que realmente desejam melhorar sua organização devem estar cheios de problemas!

Estamos nas empresas para resolver problemas. Ao longo de sua jornada, você será convocado para resolver problemas. Essa escada corporativa deve ser trilhada única e exclusivamente por você, tornando-se o principal responsável pela sua subida, pelo seu crescimento. Para alguns, é visto como uma tarefa difícil em desenvolver essa habilidade, já que não é algo com que nascemos (não é nato).

Vicente Falconi em O Verdadeiro Poder conta que quando chegava a uma empresa para dar consultoria em gestão, perguntava aos gerentes: “Qual seu principal problema?” E muitos respondiam que ali não haviam problemas. Ele, sempre de maneira leve e humorada retrucava: “Então não há nada para você fazer. Se eu fosse você, iria para a praia!”

Muitos gestores têm resistência em reconhecer os problemas. Raros são os gestores que praticam a busca e análise de seus problemas. A maioria tem medo de mostrar as suas deficiências e fragilidades na resolução de problemas.

Para um bom solucionador de problemas, você deverá mostrar aos seus gestores do que você é capaz.

Mesmo que seja algo novo e você nunca tenha passado por um tipo particular de problema antes, você precisará fazer o seu melhor para mostrar aos seus gestores o que eles podem esperar de você. Explique com um elevado nível de detalhes seu processo de solução, um tempo estimado que irá levar para resolver e o que você vai de fato precisar deles. Seja honesto e se necessário, forneça o cenário completo!

Descubra o que realmente está acontecendo. Reuniões auxiliam e ajudam muito!

problemas, corporativo, gestão, solução

 

Escute diversas versões da origem do problema e incentive a sua equipe a encontrar a causa raiz, a fonte do problema, para assim alcançar uma solução assertiva.

Determine o que precisa ser feito!

problemas, corporativo, gestão, solução

Depois de ter um cenário completo do que realmente está acontecendo, você poderá formular suas opiniões sobre o que precisa ser feito de fato e identificar o principal time que estará envolvido nessa solução. Chegar a um acordo e consenso é o primeiro passo. Logo após, apresente o seu plano para as principais partes interessadas no processo.

Execute!

problemas, corporativo, gestão, solução

Uma vez avaliado o cenário, desenhado a situação, determinado onde a equipe estará e decidido o plano que será usado, esta será a hora de fazer a parte realmente difícil: a execução do plano!

Confie em seus dados e esteja firme com as suas decisões. Tenha em mente que se houver uma falha nesse processo, você falhou e ponto! Busque os aprendizados para que não cometa este erro na próxima vez. Calma! Poderá existir uma próxima vez.

Envolva e engaje todos os colaboradores na resolução de problemas. Eleve o grau de motivação dos mesmos para possam colaborar na performance e melhoria dos resultados para a organização.

Fonte: O Verdadeiro Poder – Vicente Falconi

joão paulo ferreira, alimentus

João Paulo Ferreira é Engenheiro de Alimentos pela Universidade Federal do Ceará – UFC com MBA em Gestão da Qualidade e Engenharia da Produção e MBA em Gestão e Engenharia da Produção Industrial pelo Instituto de Pós Graduação – IPOG. Green Belt Lean Six Sigma. Auditor Líder (IRCA) em Sistema de Segurança de Alimentos – FSSC 22000 pela SGS Academy.

Professional and Self Coach e Business and Executive Coach formado pelo Instituto Brasileiro de Coaching – IBC. Practitioner em PNL – Programação Neurolinguística pela The Society of NLP. Analista Comportamental Método MI3D. Formação em Mentoring por Paulo Erlich Pessoas e Organização.

Facilitador em treinamentos, palestras e workshops com foco em Qualidade, Produção, Pessoas, Segurança dos Alimentos, Planejamento, Liderança, Motivação e Excelência Operacional.

Contato: joaopaulof@hotmail.com

João PauloSaber resolver problemas ou evitá-los? Eis a questão!
Share this post

4 comentátios

Deixe seu comentário
  • Verônica - 21 de novembro de 2017 Responder

    Excelente compartilhamento, parabéns leitura muito produtiva profissionalmente.

    João Paulo Ferreira - 1 de dezembro de 2017 Responder

    Verônica, muito grato pelo seu feedback!! Espero que esse post tenha te trazido excelentes insights para sua vida profissional! Virão outros também nessa temática e espero ter sempre seus feedbacks para melhoria e contínuo aprimoramento! Abraços, João Paulo.

  • Verônica - 21 de novembro de 2017 Responder

    Excelente compartilhamento …auxilia nós profissionais a lidar melhor com os desafios,de forma mais honesta e generosa com todos.

    João Paulo Ferreira - 1 de dezembro de 2017 Responder

    Fico muito feliz que o meu texto tenha te trazido um aporte interessante de conhecimento! Grato novamente pelo seu rico feedback!

Deixe seu comentário